Skyfire muda com a pandemia e investe em pesquisa e produtos

0

Empresa do setor de sistemas inteligentes de detecção e alarme de incêndio também sofreu com a crise econômica, mas mantém foco no futuro

Em um ano atípico, marcado pela pandemia, muitas empresas fecharam suas portas ou enfrentam sérias dificuldades para continuar produzindo. Mas há quem siga na contramão e decida fazer investimentos apostando em momentos melhores num futuro próximo. É desta forma que a Skyfire, empresa do setor de sistemas inteligentes de detecção e alarme de incêndio para o Brasil e exterior, tem encarado o desafio de 2020.

Esse é o diferencial da empresa de Ribeirão Preto, no interior paulista, que mesmo sofrendo os impactos econômicos causados pela pandemia, não deixou de lado os investimentos em pesquisas e produtos.  “Tanto que apresentamos para o segmento de detecção e alarme de incêndio os novos detectores, sendo um de Fumaça Endereçável, com grade de plástico, e o Detector de Gás Hidrogênio Convencional, à prova de explosão”, afirma Flávio Pires, Gestor da Skyfire – Unidade São Paulo e especialista em segurança.

Pires explica que o detector de Fumaça Endereçável trouxe para os clientes das regiões litorâneas um produto com maior qualidade e durabilidade. “Afinal, estamos protegendo esse equipamento da oxidação causada pela maresia”. Outro produto em destaque é o “removedor de detectores”, segundo Pires. “Com ele conseguimos reduzir o tempo dos técnicos no momento da manutenção, tornando o trabalho mais ágil e prático. Sempre visando à segurança e a qualidade do serviço prestado pela empresa”.

Embora seja uma empresa de comércio de equipamentos de detecção e alarme de incêndio, a Skyfire “capacita e qualifica os instaladores, desenvolvendo credibilidade e confiança na aplicação dos nossos equipamentos”, diz Pires. “Nossos produtos seguem o padrão europeu de qualidade (Conformidade Europeia – CE), todos com 03 de garantia”.

Um ano difícil

“Chegamos ao final do ano de 2020 com a sensação de que o ano nem começou”, analisa o gestor comercial. “Mas, na verdade, não me recordo de outra época com tantas coisas que estamos vivendo”. Diante dessa situação inédita, a Skyfire teve que se reinventar, como todas as outras empresas brasileiras.

Em sua área, Pires recorda que a ausência do contato direto com os clientes foi um problema. “Através das áreas comercial e técnica, a Skyfire passou a promover Lives constantes, com o intuito de oferecer conteúdo, assuntos e alternativas para uma aproximação, mesmo que digital”, recorda.  “Vale ressaltar que soluções digitais, apesar de baseadas em tecnologia, se constroem com pessoas, o que nos fez estreitar o relacionamento com os técnicos. Também reforçamos as mídias sociais com matérias relevantes e de interesse de todos para mitigar os efeitos do impacto causado pela pandemia”.

“Na verdade, tivemos que entender ‘na marra’ que o mundo jamais será como antes”, diz o especialista em segurança. “O mundo mudou….e aquele mundo não existe mais. Portanto, esse vírus funcionou como um acelerador de futuros. Tivemos que antecipar mudanças que já estavam em curso, tais como: o trabalho remoto, a educação à distância e, principalmente, nos tornamos mais responsáveis do ponto de vista social. Eu arrisco dizer que para nós da Skyfire o céu é o limite”.

Leave A Reply

Your email address will not be published.