Tecnologia reduz tempo de combate a incêndio

0

3382Uma tecnologia inédita desenvolvida pela Coppe/UFRJ (Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia) em parceria com a empresa Cdiox Engenharia promete reduzir substancialmente o tempo-resposta de combate a incêndios.

O novo sistema, baseado no uso de jatos de CO2 vaporizado, foi instalado em um veículo entregue pela Coppe e a Cdiox ao Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro e vem sendo testado em situações reais de combate a incêndio por profissionais da corporação, treinados para utilizar a nova tecnologia.

Os pesquisadores conseguiram desenvolver um sistema pelo qual o CO2, armazenado em estado líquido, é lançado nas chamas sob forma de vapor sem se solidificar. Ou seja, o CO2 não congela a linha por onde ele é lançado. A inovação já rendeu pedidos de patentes para a tecnologia no Brasil e nos Estados Unidos.

A proposta é que o caminhão, com capacidade para transportar 12 toneladas de CO2, consiga debelar chamas em uma área de 100 metros quadrados em apenas 4 minutos. Comparando o uso da água com a nova tecnologia, o tempo-resposta a um incêndio, do início do combate às chamas até o rescaldo final, deverá cair de 4 horas para cerca de 20 minutos.

A tecnologia é uma inovação e poderá ser utilizada em incêndios de diferentes proporções e em espaços abertos e confinados. Também pode ser aplicada em áreas sujeitas a terremotos que, por conta disso, podem ter suas redes de hidrantes comprometidas, bem como em ambientes com temperatura abaixo de zero, como na base do Brasil na Antártica, onde é preciso aquecer a água destinada ao combate de um eventual incêndio.

Foto: Coppe/UFRJ

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.