Estudo aponta risco de perda de audição entre bombeiros florestais

O blog Science produzido pelo National Institute for Occupational Safety and Health (NIOSH), órgão norte-americano voltado à realização de pesquisas sobre doenças ocupacionais, publicou recentemente um material sobre o risco de perda auditiva entre bombeiros florestais.

Trata-se de um artigo que apresenta um estudo de três anos feito pelo Programa de Tecnologia e Desenvolvimento do Serviço Florestal dos EUA em parceria com o NIOSH para medir a exposição ao ruído dos bombeiros florestais durante as tarefas de treinamento e supressão de incêndio e para identificar empregos que os colocam em maior risco de perda auditiva.

O material inclui um gráfico mostrando como as porcentagens de exposições de algumas atividades, tais como do operador de viatura motobomba, excedem, e muito, os limites estabelecidos por recomendações NIOSH e OSHA. Há também informações sobre bombeiros expostos a outras fontes de ruído, como motosserras, aviões e helicópteros, picadores de madeira etc.

Clique aqui e confira o material publicado pelo NIOSH (em inglês).

Envie o seu comentário

Por favor, digite seu nome

Digite seu nome

Por favor, insira um endereço de e-mail válido

Digite um endereço de e-mail

Por favor, digite a sua mensagem

Revista Incêndio © 2017 Todos os direitos reservados

Grupo Cipa Fiera Milano | Avenida Angélica, 2491 – São Paulo – Brasil - Tel: +55 11 5585.4355