Fibria possui brigada para atuar no combate a incêndios florestais

0

A Fibria, empresa da área de produção de celulose de eucalipto, adota práticas de manejo florestal visando o desenvolvimento das plantações de eucalipto em sintonia com a preservação das áreas de reserva e da biodiversidade. Sua área florestal de 85 mil hectares de plantios de eucalipto, no Estado de São Paulo, entremeados com 62 mil hectares de reservas nativas, possui equipe treinada de brigadistas que atua no combate a incêndios florestais.

Sua equipe de emergência é formada por 23 brigadistas responsáveis pela cobertura de toda a extensão da unidade florestal Vale do Paraíba, junto com mais 350 profissionais, que atuam em diferentes áreas e realizam treinamentos periódicos de capacitação, além de participarem de simulados com foco em gestão e atualização das técnicas para a prevenção e combate a incêndios. A estrutura ainda conta com 13 caminhões e cinco veículos leves.

Os brigadistas se posicionam em locais estratégicos o que possibilita uma resposta rápida aos chamados. “O trabalho dos brigadistas é fundamental no combate aos focos, para que o fogo não se espalhe e cause perdas e danos à biodiversidade”, diz o coordenador da Brigada de Incêndio da Fibria, Rodolfo Garuba de Menezes Mota.

De acordo com o serviço de monitoramento de queimadas do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), nos seis primeiros meses do ano o Estado de São Paulo registrou mais de 900 focos de incêndios em florestas. A grande maioria dessas ocorrências foi causada por ações humanas, como descarte indevido do lixo em estradas, pontas de cigarro e queimadas clandestinas. Outro fator que também tem contribuído para o aumento de focos de incêndios são as quedas de raio.

Para o coordenador de Silvicultura (plantio), Raphael Bortolazzo Fonseca, a conscientização é essencial para que as florestas sejam preservadas. “O incêndio florestal é crime e não agride somente o meio ambiente, mas toda a biodiversidade. As ações de conscientização devem ser praticadas diariamente. Se cada um fizer a sua parte, preservaremos as espécies e traremos benefícios para toda a comunidade”, diz o coordenador.

A Fibria também faz parte da RINEM (Rede Integrada de Emergência do Vale do Paraíba), responsável por reunir equipes táticas especializadas na resposta a emergências, que são coordenadas pelo Corpo de Bombeiros e conta com o apoio operacional das empresas integrantes do sistema. Nesse contexto, a Fibria reafirma seu compromisso em trabalhar com excelência para sempre colaborar na tarefa de salvar vidas, ajudar a prevenir acidentes e diminuir os danos em casos de emergência na região.

Leave A Reply

Your email address will not be published.