Bombeiros orientam em que situações devem ser acionados

0

Os bombeiros estão diretamente ligados à segurança social e com a finalidade de conscientizar a população. O 1º sargento Anderson Mielli de Lima, da Estação de Bombeiros de Serra Negra, SP, destaca algumas orientações de como utilizar o serviço de maneira correta.

A unidade comandada por Mielli atua também em cidades vizinhas, como Monte Alegre do Sul. “Por vezes também prestamos auxílio a Lindoia ou a Amparo, no caso das ocorrências de maior vulto”, explica.

 

Recursos pontuais e estratégicos

 

Para maior eficácia do atendimento e serviços prestados à população, o Corpo de Bombeiros conta com recursos pontuais e estratégicos que envolvem capital humano, econômico e de equipamentos. Esses requisitos, além do posicionamento do efetivo em pontos estratégicos permitem o atendimento mais rápido e com maior eficiência, evitando, assim, o agravamento das ocorrências.

Confira as situações em que o Corpo de Bombeiros deve ser acionado:

– Ocorrências de incêndio;

– Vazamento de gás;

– Acidentes com produtos perigosos;

– Arvores com perigo de queda iminente;

– Salvamento aquático;

– Desmoronamento, desabamento;

– Enchentes;

– Pessoas e animais retidos em locais de difícil acesso;

– Acidentes aéreos, acidentes de trânsito com vítimas, atropelamentos, acidentes com embarcação;

– Tentativas de suicídio;

– Pessoas perdidas na mata;

– Vitimas de acidente de trabalho;

– Vitimas de agressão física;

– Vitimas de choque elétrico.

 

Foco nas atividades essenciais

 

Mielli comenta sobre a importância de a população ser informada sobre o assunto, uma vez que a sociedade advertida da maneira correta ajuda o próprio serviço do Corpo de Bombeiros a atender com maior eficácia. “Se uma pessoa aciona os bombeiros para uma ocorrência que é típica, por exemplo, do setor de ambulâncias municipais, como casos clínicos, fazemos o atendimento, porém isso pode nos desviar de nossas atividades essenciais”, explica.

Além disso, o militar observa que pode acontecer dos profissionais bombeiros estarem empenhados em uma ocorrência de caso clínico simples, neste mesmo tempo pode ocorrer outra demanda que realmente necessite dos serviços da corporação. “Podemos exemplificar com um acidente, ou mesmo um incêndio de grandes proporções, que necessita do nosso trabalho, mas cujos atendimentos emergenciais podem ser prejudicados se estivermos ocupados numa ocorrência que não é tipicamente nossa”, explica o comandante.

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 31.05.2022. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link