Tocantins forma a primeira brigada feminina indígena do Brasil

0

Uma iniciativa inédita no país está em curso no Tocantins. Desde agosto, mulheres formam o primeiro grupo de brigadistas indígenas voluntárias, dedicado à prevenção e ao combate a incêndios florestais.

O grupo reúne voluntárias de povos indígenas próximos ao município de Tocantínia. Com apoio da prefeitura local, do Serviço Florestal Americano e da Fundação Nacional do Índio (Funai), um curso formou 29 mulheres brigadistas. Entre outras atividades, as voluntárias supervisionam as queimas controladas de roçagem, realizadas antes de plantios. Também participam de trabalhos de educação ambiental em 35 das 96 aldeias da região.

Tocantins conta com oito brigadas indígenas masculinas, com um total de 200 membros. Eles são contratados como servidores federais temporários. A aplicação do mesmo modelo para os grupos femininos, visando à sua expansão, não é prevista por ora pelo Ibama, órgão que custeia as brigadas.

Saiba mais sobre a iniciativa clicando aqui

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.