Pantanal pode ter a segunda maior área queimada na década

0

Somente entre janeiro e agosto deste ano, as chamas consumiram 700 mil hectares do Pantanal Matogrossense. A área só é menor do que a do ano passado. Mas a situação se agravou no fim do mês de agosto, com a região sendo atingida por incêndios descontrolados, conforme publicou o jornal O Globo.

A preocupação é com as recorrentes secas severas na área que têm causado incêndios cada vez mais destrutivos.

Para se ter uma ideia, a média histórica de áreas afetadas pelas chamas entre janeiro e agosto é de 292 mil hectares. Portanto, até agosto já haviam queimado cerca de 250% de área a mais em relação à média. Em 2020, foram queimados entre janeiro e agosto 1,6 milhão de hectares. O ano terminou com quatro milhões de hectares incendiados, o que corresponde a 28% de toda a área do Pantanal, algo nunca registrado até então.

Um estudo da UFMS, UFRJ, Embrapa/Pantanal, PrevFogo/IBAMA, UFMT e UFBA mostrou que 43% da área queimada no ano passado não havia sofrido incêndios nos últimos 20 anos.

Fonte: O Globo

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.