Metrô prepara todos os funcionários das estações para atuarem como brigadistas

0

Pessoal recebe treinamentos de combate a incêndio e primeiros socorros para atender aos usuários do sistema de transporte

Em tempos normais, o Metrô de São Paulo transporta mais de 70 milhões de passageiros por mês, ou quase um bilhão de pessoas ao ano. E para garantir a segurança desses usuários a CMSP – Companhia Metrô de São Paulo – prepara os cerca de três mil funcionários que trabalham nas estações para atuarem como brigadistas, além de manter equipamentos de combate a incêndio e primeiros socorros.

Em resposta à Revista Incêndio, a CMSP informou que “o Metrô possui brigadistas treinados em todas as suas instalações, incluindo as administrativas, mas para atuar nas estações, os empregados do quadro operativo têm treinamentos específicos para o combate a princípios de incêndio e até mesmo para organizar e promover a evacuação das dependências”.

De acordo com a Companhia, todos recebem treinamentos de Combate a Incêndio (TCI), de Primeiros Socorros (TPS), de Brigada de Emergência (TBE), e de utilização de desfibrilador externo automático (DEA). Na nota enviada, a CMSP afirma que as estações também são equipadas com alarme de incêndio, extintores, mangotinhos (feitos com base em mangueiras semi-rígidas, como aquelas de postos de gasolinas, que usamos ao abastecer) e hidrantes convencionais e desfibrilador externo automático.

Leave A Reply

Your email address will not be published.