Extintor classe K

2

A Kidde lança no Brasil o extintor de incêndio classe K, fabricado especificamente para combater chamas produzidas por óleos e gorduras de cozinhimage004a.

Segundo o gerente de Vendas da Kidde no Brasil, Felipe Moreno, a maioria das cozinhas, lojas de conveniências, cafeterias de escolas e hospitais dispõem somente de extintores classes A (indicado para incêndios com madeira, papel, tecido, materiais sólidos em geral); B (líquido inflamáveis) e C (equipamento elétrico energizado). Mas estes modelos não são eficazes para apagar um fogo oriundo de gordura, banhas e óleos quentes como o extintor classe K, que forma uma camada protetora na superfície, com o objetivo de extinguir o fogo por meio de interrupção da combustão.

Para a gerente de Marketing da Kidde Brasil, Roberta Godoy, “adquirir um extintor K é uma mudança simples e pode salvar vidas. São fáceis de usar, inclusive, em cozinhas menores. O mais importante é que eles foram produzidos especificamente para atender a todos os tipos de incêndio gerados em cozinhas”, ressalta.

De acordo com a National Fire Protection Association (NFPA) – referência mundial em normas e regulamentos técnicos de segurança contra incêndio – desde julho de 1998, as novas instalações de cozinhas, nos Estados Unidos, exigem este tipo de extintor. No Brasil ainda não há uma lei semelhante.

Dicas de como evitar incêndio na cozinha
O gás é um dos grandes vilões na cozinha. Verifique se estão bem ajustados o regulador de pressão, a mangueira e a abraçadeira (peça que veda a mangueira e válvula de gás, para não haja escape). A troca do equipamento deve ser realizada a cada cinco anos.

– Em caso de vazamento de gás, não acenda ou apague a luz e nem risque fósforo. Qualquer faísca pode provocar incêndio.
– Para verificar se há vazamento no cilindro, passe uma esponja com detergente nas conexões, na mangueira e no regulador. Se aparecer bolhas pode haver vazamento.
– Manuseie botijões de gás com cuidado. Os botijões devem ser armazenados em locais bem limpos, ventilados, livres de óleo e graxa, protegidos contra chuva, sol e outras fontes de calor.
– As roupas, utilizadas pelos profissionais da cozinha, devem ser justas e mangas apertadas.
– Não coloque materiais que pegam fogo facilmente perto do fogão, como: papel toalha, alumínio e líquidos inflamáveis.
– Para evitar aquecimentos e situações de curto-circuito, é importante utilizar sempre tomadas com ligação terra.
– Verifique as instalações elétricas para que não haja curto-circuito. Não ligue vários equipamentos em uma única tomada. Isso pode causar sobrecarga no condutor elétrico e risco de curto-circuito. Fique atento aos fios não encapados.
– Esteja sempre atento às panelas. Verifique se os cabos não estão para fora, para evitar quedas ou queimaduras graves.
– Não deixe óleo aquecer por muito tempo. Ele pode pegar fogo.
– Caso a panela pegue fogo, não jogue água. Este procedimento pode provocar um choque térmico e gerar uma explosão.
– Não fume dentro da cozinha.
– Tenha sempre em mãos o número do Corpo de Bombeiros – 193

2 Comentários
  1. Danny Ederson diz

    A respeito do extintor de classe k, já há legislação regulamentando o mesmo?

  2. Marco Damiao diz

    gostaria de saber o preço do extintor classe K para cozinha industrial

Deixe uma Resposta

Seu comentário aguarda moderação.

VOCÊ GANHOU UM CUPOM DE DESCONTO!

Utilize o CUPOM CIPA10 e tenha 10% de Desconto na Assinatura de qualquer Plano da Revista Cipa & Incndio.

USAR MEU CUPOM CIPA10
* Promoção válida para pedidos realizados até o dia 31.05.2022. Essa promoção não é válida para quem já é assinante da revista e não é cumulativa com outras promoções.
close-link