Home Notícias UFMG analisa possibilidade de cooperação técnica com bombeiros
0

UFMG analisa possibilidade de cooperação técnica com bombeiros

0
0

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMG) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) iniciaram em junho uma negociação para parceria na área de estudos sobre incêndios. A cooperação técnica está em análise pela UFMG após ter sido aprovada pelo Corpo de Bombeiros e terá duração de cinco anos. Cada núcleo funcionará a partir das metas traçadas em planos de trabalho específico e a parceria contará com o conhecimento dos bombeiros militares nas áreas de prevenção e combate a incêndios, busca, salvamento e atendimento pré-hospitalar e saúde do trabalhador.

Neste primeiro momento, a aproximação entre a universidade e a corporação resultou em um ciclo de palestras realizadas na Faculdade de Engenharia. No primeiro encontro, realizado em 8 de junho, estavam presentes os professores doutores Rodrigo Barreto Caldas, Ricardo Hallal Fakury e Paulo Kruger, além de alunos e funcionários da UFMG e Oficiais do CBMMG.

Na ocasião, a primeira palestra foi ministrada pelo professor da escola de Arquitetura Paulo Kruger, com o tema comportamento humano em situação de incêndio. Na sequência, a chefe da divisão de desenvolvimento do ensino da Academia de Bombeiros Militar, Capitão Andiara Beatriz Miranda, apresentou a importância da inclusão do conteúdo de prevenção de acidentes e autoproteção em escolas públicas de Minas Gerais.No início da segunda parte, o professor Kruger falou sobre os treinamentos infantis de combate a incêndio no mundo. Já o professor Rodrigo Barreto Caldas apresentou os trabalhos acadêmicos já desenvolvidos na área de prevenção e combate a incêndio pelo grupo da engenharia de estruturas desde 1994.

O encontro foi encerrado com um debate que sintetizou as possíveis linhas de pesquisa dos conteúdos apresentados. Essas pesquisas nortearão os trabalhos futuros, por exemplo, projetos a serem apresentados às fomentadoras, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig) entre outras.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *