Home Notícias AM: risco de incêndios nos comércios de Manaus e Parintins aumentam com o verão

AM: risco de incêndios nos comércios de Manaus e Parintins aumentam com o verão

0
0

Fonte: jornal A Crítica

Com o verão amazônico, período em que os incêndios em Manaus são mais frequentes, o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) realizará de 18 a 22 deste mês a primeira “Semana de Prevenção Contra Incêndio e Controle de Pânico” em áreas comerciais da cidade. Serão mais de 20 bombeiros militares destacados para a operação. O objetivo é alcançar 250 estabelecimentos comerciais.

Entre janeiro e abril deste ano, a corporação foi acionada para 150 ocorrências desta natureza na capital. No ano passado, foram 868 casos ao total. Destes, 50 foram em comércios. Segundo o comandante-geral do CBMAM, Mauro Lima Freire, as irregularidades mais comuns encontradas nos estabelecimentos comerciais são relacionadas à parte elétrica. “É preciso se adequar às novas orientações. Mesmo que o prédio do seu empreendimento seja antigo”, ressaltou.

Além de problemas elétricos, o “fator humano” é outro que colabora com os incêndios. “O nervosismo faz com que você deixe o incêndio virar de grandes proporções. O nosso tempo resposta ideal é de cinco minutos para apagar e controlar o incêndio. Após isso, dependendo do material combustível, perde-se o controle da situação”, explicou.

As ações de fiscalização dos bombeiros não pararão durante a Semana, mas, diferentemente delas, o foco da semana de prevenção é educativo, com orientação por meio de folders e cartilhas. Não serão aplicadas multas aos estabelecimentos flagrados com irregularidades.

“Nós sabemos as dificuldades que o comerciante tem devido à crise, então, nós não chegaremos exigindo e sim, orientando. Se o estabelecimento comercial não se adequar, posteriormente, será fiscalizado”, disse Mauro Freire. Os comerciantes contarão com um setor exclusivo da instituição voltado ao atendimento e regularização.

Conforme informações da Diretoria de Atividades Técnicas (DAT) da corporação – responsável pela fiscalização, orientação, notificação de imóveis no Estado – de janeiro a maio deste ano, foram realizados 2.726 procedimentos, sendo 1.425 administrativos como 1ª e 2ª via de autos de vistoria (AVCB), credenciamentos, declarações de conformidade, pirotecnia, conformidade, tramite. Também foram feitas 510 vistorias e 791 análises.

Município de Parintins

O intuito do comandante é estender a semana de prevenção para a cidade de Parintins, numa segunda parte da ação. “Nós sabemos, por experiência, que o comércio aumenta nas proximidades do festival. Por mais que aquele ambulante, aquele comerciante esteja regularizado, ele tem que ter o mínimo de conhecimento e orientação para evitar um acidente”, explicou.

Esta ação ocorrerá antes do 53° Festival Folclórico de Parintins, que começará no dia 29 de junho. De acordo com o comandante geral, a previsão é deslocar 150 bombeiros militares para apoio a operação, além dos vinte já inclusos na equipe.

Assim como ocorrerá em Manaus a partir da semana que vem, a operação dos bombeiros em Parintins também terá o caráter educativo, sem aplicação de multas aos comerciantes que estiverem irregulares.

Verão amazônico

Junho é marcado pela chegada do conhecido “Verão Amazônico”.  E o calor chegou com força nos últimos dias. Na primeira quinzena do mês, as temperaturas máximas médias foram de 32,3°C, índice superior ao que era esperado para o período (30,7°C), apesar de ter chovido mais que o previsto.

“Considerando-se que as chuvas registradas até o momento (124,9mm) já ultrapassaram o índice climatológico do mês (83 – 118mm), seria de se esperar que a média das temperaturas máximas fosse indicar valor inferior à climatologia, o que não ocorreu”, ressaltou o órgão em nota.

Segundo o órgão, é importante considerar dois fatores. O primeiro é a influência do crescimento urbano nos dados atuais. O segundo é a mudança do local das medições. Antes era no Distrito Industrial, agora é em Adrianópolis, portanto pode ser que os registros estejam refletindo ambientes distintos.

“É possível que se tenha de considerar a influência do crescimento urbano nos dados atuais, destacando-se dois fatores: uma série climatológica mais recente talvez se ajuste mais ao valor observado do que a série utilizada (1981 – 2010); outro aspecto a se considerar é o deslocamento da estação meteorológica”, detalhou.

A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para Manaus nos próximos dias deve ficar em torno dos 34°C, com a umidade variando de 45% a 90%. Já o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/Inpe) indica que nos próximos dias poderá chover, porém as máximas na capital continuarão por volta dos 33°C.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *